Fone: 8h - 17PM

Dextra

Investir em capacitação é a saída contra o gap em TI

Reportagem exibida no Jornal O Estado de S. Paulo em 27/nov/2016.

Empresas do segmento de tecnologia continuam tendo grande demanda por profissionais especializados nas diversas funções que compõem a área. A boa notícia é que estudo encomendado pela Cisco estima que em 2019, o déficit de profissionais de TI no Brasil será um pouco menor que em 2015.

Segundo o levantamento, no ano passado o país teve uma lacuna de 195.365 profissionais capacitados, diminuindo para 161.581 em 2019. Concluído em agosto, o estudo indica que metade dos postos não preenchidos será para pessoas que entendam as tecnologias emergentes.

A pesquisa aponta o elevado potencial do mercado interno gera a crescente demanda por serviços de todos os segmentos, especialmente em empresas de médio porte.

É o que ocorre na Dextra, desenvolvedora de software. Gerente de RH da empresa, Luiza Coelho diz que a “guerra por talentos” é uma velha conhecida dos RHs de empresas de tecnologia. “Cada companhia adota uma estratégia. Nós temos parcerias com escolas técnicas e universidades para formarmos novos talentos. Esses jovens têm sede de aprender. Com eles conseguimos desenvolver a cultura de aprendizado continuado, do compartilhamento de conhecimento e dos processos de inovação”, diz.

Ela afirma que a empresa procura criar um ambiente desafiador e, ao mesmo tempo, de extrema camaradagem e confiança entre os “dextranos”. “Dessa forma, atraímos pessoas talentosas e que estão engajadas em entregar produto de alto valor”.

Leia reportagem completa abaixo.

Estadão_27_novembro_2016

Entre em Contato

Mensagem enviada com sucesso!

Tags

Comentários