Porque desenvolvedores devem se preocupar com Agilidade? - Desenvolvimento de software sob medida
Fone: 8h - 17PM

Dextra

Porque desenvolvedores devem se preocupar com Agilidade?

Por: 01/11/2018

Desde o começo da minha carreira sempre fui instruído e incentivado a trabalhar com agilidade. No contexto em que comecei já haviam vários processos instaurados e que já estavam em funcionamento durante um tempo considerável, o que me fez não ter preocupações e criticidade relacionado a esses mesmos processos.
Mas afinal de contas, o que é ser Ágil? E porque nós, os desenvolvedores, devemos nos preocupar com isso?
Quando pensamos em desenvolvimento ágil, de cara já imaginamos que teremos de perder horas e horas em reuniões chatas que, geralmente, acontecem depois do almoço e que na maioria dos casos acompanham sono como sobremesa, e na verdade tudo o que queremos é colocar aquela playlist muito boa pra tocar e simplesmente, codar.
Ah, se tudo fosse simples assim!
O que acontece muitas vezes é que ficamos tão acostumados a executar determinado processo dentro dos nossos times que raramente paramos para julgar se o que estamos fazendo está de fato sendo positivo e produtivo, se está melhorando o dia a dia do time de desenvolvimento e criando uma relação mais sólida junto ao cliente.
Quando aplicamos ideias e processos “ágeis” de maneira inadequada eles trazem mais interferência no time de desenvolvimento, o que pode ocasionar em menos trabalho executado, aumento da sensação de não produtividade, frequência maior de renegociações, maior pressão por entregas, enfim, uma série de efeitos colaterais que vão totalmente no sentido oposto ao que preza a filosofia ágil.
E é aqui que entra a importância de sabermos os conceitos básicos sobre a agilidade, seus valores e seus princípios. Com essas informações saberemos dizer se nosso projeto está seguindo da maneira mais simples possível esses conceitos e se não estiver, temos o caminho mais livre para realizar críticas sobre o que estamos fazendo e jogar fora aquilo que não faz sentido.
Todos queremos ver o sistema que estamos desenvolvendo funcionando e com muitos usuários utilizando as suas funcionalidades. Um jeito simples de garantir isso é realizando o trabalho com simplicidade, tendo entregas constantes e contínuas de valor no software, priorizando a qualidade e o design do sistema e respeitando a arquitetura que está sendo utilizada. Para que tudo isso seja possível o time responsável deve estar com o foco em um objetivo comum e o ambiente em que trabalham deve ter o suporte necessário para desempenharem suas atividades, trabalhando em conjunto para que o resultado final seja maior do que a soma das partes individuais entregando não apenas um sistema, mas sim uma solução digital para o usuário final.
Falando assim dá até orgulho né? E se eu te disser que tudo isso está presente no manifesto ágil? Olha aí, mais uma vez a importância de sabermos os conceitos dessa filosofia…
Mas agora, você deve estar se perguntando: Muito bonito isso tudo, mas como fazer?
Não menos importante, deixei esse tópico para o final do texto, pois quero que ele fique como última recordação da leitura.
O conceito que eu mais gosto do manifesto ágil é o de valorizar mais indivíduos e interações do que processos e ferramentas, logo a resposta à pergunta acima só pode ser uma: FAZENDO!
Cada pessoa que está no time é uma individualidade que carrega consigo uma bagagem de experiências boas e ruins, que funcionaram e que não funcionaram e só saberemos se determinado processo ágil vai funcionar no atual momento se arregaçarmos as mangas e colocá-los em prática, testando e criticando se o que estamos fazendo está gerando valor. Provavelmente não darão certo logo de início e é por isso que devemos sempre estar em constante inspeção e adaptação, otimizando-os e deixando-os mais efetivos a cada iteração.
O time em que trabalhamos é um laboratório, uma oportunidade de experimentações onde aderimos a novos processos, novas rotinas, novas formas de trabalhar, cabe a nós julgar se tudo isso está agregando valor às pessoas, ao cliente e ao produto final.

Entre em Contato

Mensagem enviada com sucesso!

Tags

Comentários