Metodologia

Qual é o meu papel como Scrum Master no Framework SAFe?

Por: Dextra, maio 6, 2020

Após trabalhar 1 ano e meio inserida no framework SAFe, notei que minhas responsabilidades como Scrum Master não são apenas responsabilidades “padrão” do Scrum de por exemplo remover impedimentos, acompanhar as métricas do time, trabalhar gestão visual e motivação, etc. O SM é alguém que pode acrescentar muito ao prestar atenção em pequenos detalhes do dia-a-dia do time principalmente dentro do Framework SAFe, que é um pouco mais robusto e tem várias dependências de outras squads ou outros times.
Abaixo listo algumas ações que se aplicam ao SAFe mas que também podem ajudar os Scrum Masters com insights e ideias para acrescentar cada vez mais e fazer com que pequenas mudanças ajudem o time como um todo:

  • Garantir que todo o time (de desenvolvimento) saiba o que é o Framework e como ele se encaixa na empresa: Uma vez que uma pessoa nova entra no time, é essencial que ela entenda que o contexto do SAFe diverge em alguns pontos de um contexto apenas de Scrum por exemplo. Passar pelos principais ritos do SAFe, como ele funciona na empresa e abrir um espaço para perguntas facilita muito para que a pessoa entenda os termos que sobressaem ao ágil. Além disso nesse contexto, as entregas de um squad estão muito relacionadas com o trabalho a ser realizado por outros squads, então é essencial que o time de desenvolvimento saiba o impacto disto;

 

  • Garantir que todas as pessoas que trabalham no seu time entendam os papéis principais do SAFe: Alguns papéis do SAFe como RTE (Release Train Engineer), PM (Product Manager) e SA (System Architect) são pessoas que são citadas o tempo todo e em várias reuniões, pois ajudam muito os Scrum Masters, Product Owners e Líderes Técnicos, facilitam reuniões, participam de projetos e estão sempre transitando entre os times. É essencial que o time de desenvolvimento saiba quem são essas pessoas, como elas ajudam e qual a interação do time com elas. Elas são citadas a todo momento e podem participar dos ritos internos do time também.

 

  • Ter uma conexão com os outros times: é muito comum quando a empresa começa a adotar o SAFe que os times de desenvolvimento continuem focados nas suas próprias entregas sem considerar o impacto que aquilo pode ter ou dependências com os outros times. O Scrum Master pode promover encontros entre os times de desenvolvimento, principalmente aqueles nos mesmos contextos, com ambientes de desenvolvimento em comum, dependência de deploys, etc. Quanto maior a comunicação entre essas pessoas, menor a chance de entregas descasadas ou entregas que não fazem sentido para o outro time. Essa interação sempre será valiosa também em caso de rotacionar pessoas do time para ajudar com as demandas, unificar boas práticas de desenvolvimento, agilizar a solução de problemas e várias outras vantagens.

 

  • Acompanhar o planejamento futuro: Para o SAFe (assim como para outros contextos) é essencial que o PO esteja pensando não apenas no próximo Sprint mas também nos próximos meses ou próximos Quarters. Nesse alto foco em planejamento das demandas, é possível que em alguns momentos seja necessária a ajuda do time em demandas mais técnicas ou na viabilidade das demandas. Além disso, o PO também estará transitando bastante entre as sprints correntes e reuniões com o negócio para demandas futuras. O Scrum Master, nesse cenário mais robusto, estando bastante presente nos ritos e nas reuniões, pode ajudar tanto o time com decisões quanto municiar o PO com o máximo de informações possíveis das entregas atuais, para que ele possa estar bastante focado no negócio. Essa última dica vale bastante para cenários fora do SAFe também, mas trago aqui pois vejo que um papel pró ativo do SM nesses casos traz muito valor para o dia-a-dia.

Essas são apenas algumas dicas de como o Scrum Master pode ajudar um pouco mais no SAFe além do acompanhamento do time propriamente. Caso tenha dúvidas sobre o SAFe, sugestões ou comentários conte com a gente!
Autora: Thais Fernandes (Agile Leader na Dextra)

  • Receba nosso conteúdo em primeira mão.