7 dicas imperdíveis para ter um perfil do LinkedIn campeão!

Mas afinal, o que devo fazer para ter um perfil do LinkedIn de nível campeão? Para quem deseja potencializar...

Dextra

View posts by Dextra
Somos especialistas em desenvolvimento de software sob medida para negócios digitais. Pioneiros na adoção de metodologias de gestão ágil, combinamos processos de design, UX, novas tecnologias e visão de negócio, desenvolvendo soluções que criam oportunidades para nossos clientes. A Dextra faz parte da Mutant, empresa B2B líder no mercado brasileiro e especialista em Customer Experience para plataformas digitais.
Data de publicação: 20/05/2019

Mas afinal, o que devo fazer para ter um perfil do LinkedIn de nível campeão? Para quem deseja potencializar o seu networking, expor o seu trabalho e suas experiências, essa rede social é perfeita. Isso porque ela é voltada exclusivamente para os negócios, aproximando, desde 2003, empresas e profissionais de todo o mundo.

O chamado Perfil Campeão, conforme definição do próprio LinkedIn, é aquele que tem “força” máxima, se posicionando melhor no ranking de buscas e aparecendo com frequência para os recrutadores e/ou organizações: a companhia também alega que usuários com essa classificação são 40 vezes mais propensos a conquistar oportunidades por meio de sua rede.

Portanto, se você ainda está procurando seu verdadeiro espaço no mercado, um perfil do LinkedIn de nível campeão será de grande ajuda. Neste artigo, daremos 7 dicas imperdíveis para a sua elaboração.

A leitura é importante e por isso merece toda a sua atenção. Aproveite!

1. Selecione uma boa foto de perfil e imagem de capa

Tudo deve começar com uma boa foto de perfil. Selfies e retratos de festas devem ser deixados para trás, pois lembre-se de que o LinkedIn é a rede social que deve refletir você como profissional. Nesta linha, as diretrizes gerais são:

  • na foto, sua expressão deve ser natural e receptiva, evitando filtragens e/ou edições excessivas;
  • você deve respeitar o código de vestimenta padrão seguido em sua indústria;
  • a foto precisa conter só você, mais ninguém.

Para complementar, capriche também na sua imagem de capa, criando um plano de fundo que esteja de acordo com sua carreira ou paixão. Dê a ele um toque pessoal.

2. Escreva um título cativante

Por ser a primeira impressão que os outros terão de você, seu título deve ser cativante. O LinkedIn permite usar até 120 caracteres, o que dá a possibilidade de criar algo mais memorável do que o óbvio e mostrar um pouco de sua individualidade.

As sugestões são as seguintes:

  • inclua palavras-chave que atribuam valor ao que você entrega como profissional (criatividade/criativo, orientado por resultados etc.);
  • adicione suas especialidades no seu campo (engenheiro de software, analista de dados, desenvolvedor Front-End etc.);
  • mencione credenciamentos e realizações (acadêmicas ou não) que sejam relevantes para a sua área;
  • use vírgulas, pontos ou barras (|) para separa cada distinção.

3. Crie uma URL personalizada

Adicionar uma URL personalizada ao seu perfil do LinkedIn facilita sua localização por outras pessoas. Para alcançar o nível “campeão”, essa adição é vital. Na prática, a adicione:

  • na assinatura do seu e-mail;
  • no cartão de visitas;
  • no seu currículo;
  • no seu site profissional, caso tenha.

Para a alteração da sua URL de perfil público, confira este link e siga o passo a passo.

4. Seja estratégico com o resumo de suas experiências

Quanto melhor o conteúdo adicionado ao seu perfil do LinkedIn, mais chances de ser descoberto ele terá. No entanto, isso não significa que você deva incorporar “qualquer coisa”. Pelo contrário, é preciso inserir informações úteis, concisas e objetivas sobre suas experiências.

Para cada uma delas, insira todas as atividades relevantes, incluindo cargos ocupados, datas de trabalho e nomes das empresas. Experiências de voluntariado são sempre bem-vistas. Em suma, cada ocupação listada deve seguir com a sinopse de suas responsabilidades.

Dicas:

  • use palavras-chave intencionais que são tendências e/ou causam impacto em seu ramo;
  • crie resumos orientados por habilidades e realizações para direcioná-los ao tipo de valor que você pode oferecer para o mercado;
  • inclua certificações e graus obtidos.

O LinkedIn ainda permite a adição de links para as seções de experiências. Isso é interessante para quem pode expor o seu trabalho por meio de exemplos visuais (e às vezes até mesmo funcionais), como postagens em blogs, protótipos, softwares de demonstração etc.

5. Participe de grupos relacionados à sua área

Também é importante que você participe de grupos relacionados à sua área. Ao se cadastrar na rede social, você perceberá que ela indica todos os tipos de comunidades possíveis. Não há nada de errado em participar daquelas que pouco têm a ver com a sua ocupação, porém, dê prioridade para as que causam algum impacto no seu domínio e que permitam interagir, atribuir e obter valor.

Após se juntar a um grupo, não fique “parado”. Por quê? Pelo fato de que contribuir para as conversas e os tópicos de informações ajuda no fortalecimento e na credibilidade do seu perfil.

6. Refine suas habilidades e especializações

Certifique-se de refinar suas habilidades e especializações. A seção que se refere a tais questões oferece a possibilidade de receber qualificações e recomendações de outros usuários da plataforma, sendo uma das melhores maneiras para o refinamento de suas capacidades.

Também é interessante determinar a especialidade pela qual você deseja ser reconhecido. Para alcançar o status “campeão” (chamado All-Star em inglês), é preciso ter pelo menos cinco habilidades listadas: o máximo aceitável são 50. Quanto maior a quantidade, teoricamente, melhor.

7. Estabeleça conexões relevantes

Conecte-se com pessoas com as quais você pode se relacionar em algum grau, seja no âmbito educacional ou profissional. Nesse sentido, procure por quem tenha um certo nível de influência na sua indústria, pois esse tipo de conexão é essencial para um Perfil Campeão do LinkedIn.

Se não souber por onde começar, use a ferramenta de buscas para encontrar os usuários que se encaixem em suas demandas. Adicione colegas de profissão (conhecidos ou não), professores e/ou gestores corporativos cujas experiências possam ajudar você.

Com relação a esse aspecto, tenha em mente que você precisa ter ao menos 50 conexões para obter o Perfil campeão do LinkedIn.

Para concluir, não poderíamos deixar de citar a importância de manter o seu perfil do LinkedIn sempre atualizado. Caso não tenha o devido cuidado, seu perfil não chegará à sua força máxima. E para que não fique nenhuma dúvida, saiba que o LinkedIn classifica os perfis em cinco categorias:

  • Iniciante (Beginner);
  • Intermediário (Intermediate);
  • Avançado (Advanced);
  • Especialista (Expert);
  • Campeão (All-Star).

Portanto, mesmo que você chegue ao último e mais potente deles, um perfil campeão do LinkedIn, é preciso cuidar para que ele não perca esse status.

O que achou deste artigo? Gostou? Então veja 8 sugestões para se sair bem em uma entrevista de emprego!

Dextra

View posts by Dextra
Somos especialistas em desenvolvimento de software sob medida para negócios digitais. Pioneiros na adoção de metodologias de gestão ágil, combinamos processos de design, UX, novas tecnologias e visão de negócio, desenvolvendo soluções que criam oportunidades para nossos clientes. A Dextra faz parte da Mutant, empresa B2B líder no mercado brasileiro e especialista em Customer Experience para plataformas digitais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − treze =

Posts relacionados

  1. Sobre a Dextra

    Somos especialistas em desenvolvimento de software sob medida para negócios digitais. Pioneiros na adoção de metodologias de gestão ágil, combinamos processos de design, UX, novas tecnologias e visão de negócio, desenvolvendo soluções que criam oportunidades para nossos clientes.

  2. Categorias

Scroll to top