Você sabe quais são as áreas de atuação em TI?

Há mais coisas entre um computador e a rede do que pode imaginar nossa vã filosofia, parafraseando Shakespeare. A...

Dextra

View posts by Dextra
Somos especialistas em desenvolvimento de software sob medida para negócios digitais. Pioneiros na adoção de metodologias de gestão ágil, combinamos processos de design, UX, novas tecnologias e visão de negócio, desenvolvendo soluções que criam oportunidades para nossos clientes. A Dextra faz parte da Mutant, empresa B2B líder no mercado brasileiro e especialista em Customer Experience para plataformas digitais.
Data de publicação: 29/07/2019
Quer saber mais sobre o mundo da tecnologia? Então clique aqui e conheça, em nosso post, as principais áreas de atuação em TI!

Há mais coisas entre um computador e a rede do que pode imaginar nossa vã filosofia, parafraseando Shakespeare. A área de Tecnologia da Informação (TI) é, sem dúvida, uma das que mais crescem com o advento de novas ferramentas e soluções.

Por essa razão, há muitas oportunidades para quem quer adentrar esse universo e se desenvolver. Há várias áreas de atuação em TI, sendo que todas necessitam de constante dedicação e sede de conhecimento.

Existem opções de serviços tanto para quem quer ficar na linha de frente, interagindo frequentemente com clientes e outros profissionais, quanto para quem prefere os bastidores da área.

Também pode-se escolher entre áreas que trabalham mais com códigos em si e outras que não exigem conhecimento em programação. É muita variedade!

Para te ajudar a se orientar nesse vasto mundo de tecnologia, vamos mostrar agora quais são algumas das áreas de atuação em TI.

Business Intelligence

Business Intelligente, ou simplesmente BI, significa Inteligência de Negócios ou Inteligência Empresarial. Essa área existe desde a década de 80, mas está ganhando força agora, principalmente por causa do aumento exponencial dos dados em geral. A BI possibilita que um amontoado de dados (que aparentemente não possuem relação alguma) se torne informação útil nas mãos de analistas. E informação faz muita diferença!

É a partir de informações obtidas na análise dos dados que as empresas realizam tomadas de decisão. Essas decisões podem ir desde um investimento na bolsa de valores até a escolha de qual a melhor cor para as paredes do escritório. Por isso, a carreira de analista de BI é extremamente importante e permite um enorme crescimento, além de haver ótimas ofertas de emprego.

DevOps

O conceito de DevOps diz respeito a uma metodologia de desenvolvimento de software que busca integrar melhor os desenvolvedores e os profissionais de infraestrutura de TI. Por isso, DevOps = Developer + Operations (Desenvolvedor + Operações). Apesar de ser um conceito simples, nem sempre essa é uma missão fácil.

Empregar essa metodologia corretamente implica em diversos avanços no gerenciamento dos softwares desenvolvidos. Por essa razão, as empresas de desenvolvimento de software estão procurando indivíduos especialistas em DevOps. Para se qualificar, existem diversos cursos sobre DevOps, tanto na Internet quanto em instituições ou eventos de TI.

É uma área que envolve, simultaneamente, atividades com programação e com automação. Então, se deseja seguir esse caminho, é bom ter conhecimento em ambas as áreas e começar a acumular alguns certificados! Atualmente, está em alta a contratação de especialistas em DevOps, então, aproveite para aprender mais.

Desenvolvimento Mobile

Uma das áreas mais interessantes para quem está iniciando é a de Desenvolvimento Mobile. Nessa área, o desenvolvedor cria aplicativos ou sistemas próprios para dispositivos móveis. De acordo com uma pesquisa de 2016 feita pela Kantar Worldpanelem, de cada 10 brasileiros, 9 possuem dispositivo móvel. Com um grande número de usuários, é possível considerar aplicações que atinjam mais pessoas.

Para ser um desenvolvedor Mobile, é preciso ter conhecimento em desenvolvimento, banco de dados, APIs e algumas linguagens de programação. Esses conhecimentos podem ser adquiridos através de cursos superiores ou mesmo por cursos na Internet. O lucro para desenvolvedores Mobile pode variar de acordo com as aplicações criadas, mas há sempre um mercado ativo nessa área.

Data Science

Data Science ou Ciência de Dados é uma área que está muito ligada à área de Business Intelligence, pois trata especificamente do estudo e análise de dados. De forma análoga, um cientista de dados é responsável por transformar dados espalhados em informações e conhecimento. A diferença entre um cientista de dados e um analista de BI é que o cientista não possui interesse direto na tomada de decisões de uma empresa, enquanto o analista é contratado para analisar dados e auxiliar nos passos seguintes.

Existem diversas carreiras a serem seguidas nessa área além de cientista de dados: engenheiro de dados, analista de negócios (tal como o analista de BI), arquiteto de soluções de Big Data, entre outros. Seja qual for a sua carreira preferida em Data Science, pode ter certeza que vai ter um lugar se houver esforço e comprometimento!

UX/UI Design

Apesar das siglas UX e UI serem parecidas, elas possuem significados diferentes. UX Design diz respeito ao design que garante uma melhor experiência ao usuário (UX=User eXperience, ou experiência do usuário). Já UI Design trata do design visual, que garante melhor interatividade do usuário (UI=User Interface, ou Interface do Usuário).

Mesmo com essa diferenciação, ambos os conceitos são importantíssimos no desenvolvimento de aplicações. Tanto o designer UX como UI necessitam do conhecimento de ferramentas de design como o Photoshop ou Illustrator. É interessante haver o domínio entre essas duas áreas em alguns momentos, pois existem locais que procuram designers para ambas as partes.

Desenvolvimento Web

O Desenvolvimento Web é a área que está relacionada ao desenvolvimento de aplicações para a Internet, ou seja, de sites. Para desenvolver um site funcional, são necessárias duas partes principais: o front-end e o back-end. A parte de front-end está relacionada ao visual de um site, ou seja, suas cores, fontes, imagens e a relação entre elas. Já o back-end são os bastidores do site, tratando da conexão com banco de dados.

Um desenvolvedor front-end precisa estar por dentro de linguagens como HTML, CSS, Javascript e frameworks como o Bootstrap. Em contrapartida, o desenvolvedor back-end precisa conhecer mais sobre lógica de programação, estudando linguagens como PHP, Python, Ruby, entre outras, e fundamentos de bancos de dados. Claro que você pode escolher trabalhar com as duas partes no desenvolvimento de um site. Esse fator pode, inclusive, ajudar na hora de conseguir uma vaga.

Viu só quantas opções existem para seguir na área de Tecnologia da Informação? A tendência para quem começa a carreira na TI é de crescimento, pois, a cada dia, surgem novos desafios que permitem ampliar os horizontes do conhecimento e de oportunidades — fora o fato de que é prevista uma alta demanda de profissionais de TI no futuro, viabilizando a capacitação profissional no presente.

Enfim, o que achou de saber sobre essas áreas de atuação em TI? Ficou faltando alguma? Deixe sua opinião nos comentários!

Dextra

View posts by Dextra
Somos especialistas em desenvolvimento de software sob medida para negócios digitais. Pioneiros na adoção de metodologias de gestão ágil, combinamos processos de design, UX, novas tecnologias e visão de negócio, desenvolvendo soluções que criam oportunidades para nossos clientes. A Dextra faz parte da Mutant, empresa B2B líder no mercado brasileiro e especialista em Customer Experience para plataformas digitais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − um =

Posts relacionados

  1. Sobre a Dextra

    Somos especialistas em desenvolvimento de software sob medida para negócios digitais. Pioneiros na adoção de metodologias de gestão ágil, combinamos processos de design, UX, novas tecnologias e visão de negócio, desenvolvendo soluções que criam oportunidades para nossos clientes.

  2. Categorias

Scroll to top