Engajando o cliente em projetos ágeis de software

Um problema muito comum a maioria dos projetos de desenvolvimento de software é: como engajar o cliente para que...

Data de publicação: 22/10/2013

Um problema muito comum a maioria dos projetos de desenvolvimento de software é: como engajar o cliente para que ele teste o software entregue. Este problema tende à se tornar ainda mais profundo em projetos ágeis, dado que as entregas são parciais e dependem de feedback do cliente para que o processo funcione.

 
 

A cada duas semanas temos um “Sprint” que representa o processo completo de desenvolvimento de um conjunto de funcionalidades de um software. Assim que o software que representa as funcionalidades é entregue, o cliente já pode utilizar o sistema e dar seu feedback sobre tudo que foi entregue. Este modelo de desenvolvimento depende de uma relação forte entre cliente e fornecedor para que o feedback seja dado e os desenvolvedores alterem o software de acordo com o que o cliente deseja.

Um exemplo que já ocorreu em nossas equipes de desenvolvimento foi que um ítem de alto risco foi feito e entregue no Sprint 1. O cliente somente foi homologá-lo de maneira mais profunda no Sprint 4 e identificou a necessidade de uma alteração conceitual no requisito. Como neste período muita coisa foi desenvolvida com base em um conceito que não havia sido validado, o desvio que tivemos na direção do projeto, bem como o tamanho da alteração necessária para corrigí-lo, acabou sendo muito maior que o necessário. Ou seja, neste tipo de processo, se o feedback demorar muito tempo para ser dado, existem grandes chances de fracasso no desenvolvimento do software.

É impossível prever todas as situações que ocorrerão durante o desenvolvimento, mas podemos ficar atentos à um “bad smell” de falta de feedback do cliente que é muito simples: Se o cliente não pediu nenhuma alteração, existe algo errado!

Além disso pode-se utilizar de ferramentas (como o Google Analytics) para verificar o acesso de clientes na aplicação. Esta é uma ótima ferramenta para verificar se sua aplicação está sendo utilizada e também saber se as partes mais importantes estão sendo validadas.

A aproximação entre cliente e fornecedor de software, ambos alinhados e com uma visão comum dos resultados esperados, é um dos principais fatores de sucesso ou fracasso do processo de desenvolvimento de software. Neste artigo buscamos criar maneiras para identificar possíveis problemas nesta relação e, assim,  chegar no final do desenvolvimento com um software aderente às expectativas do cliente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × um =

Posts relacionados

  1. Sobre a Dextra

    Somos especialistas em desenvolvimento de software sob medida para negócios digitais. Pioneiros na adoção de metodologias de gestão ágil, combinamos processos de design, UX, novas tecnologias e visão de negócio, desenvolvendo soluções que criam oportunidades para nossos clientes.

  2. Categorias

Scroll to top