Entendendo Flux

Você já ouviu falar de “Flux“? “Flux” é um padrão de arquitetura “inventado” pela Facebook, para lidar com um problema que surge em aplicativos...

Data de publicação: 13/10/2015
Flux

Você já ouviu falar de “Flux“?
“Flux” é um padrão de arquitetura “inventado” pela Facebook, para lidar com um problema que surge em aplicativos web baseados em componentes. Ok, isso necessita algumas explicações!
Atualmente está surgindo um novo paradigma no mundo de desenvolvimento de aplicativos web. Os aplicativos são quebrados em componentes que são reutilizáveis e o mais importante combináveis. Uma das consequências desse conceito é que os aplicativos são hierarquias de componentes. A grande vantagem de usar componentes é o desacoplamento inerente que facilita não só a manutenção, mas também impacta positivamente na produtividade. Mas quem é acostumado a usar data binding  convencional enfrenta problemas com o fluxo de dados nas hierarquias de componentes. Quando os desenvolvedores da Facebook começaram utilizar ReactJS para montar aplicativos de forma componentizada eles sofreram com esses mesmos problemas e acabaram por definir um padrão de arquitetura que chamaram de “Flux”.
Recentemente, publiquei uma série de artigos sobre o conceito “Flux”. Nesta série desenvolvo gradativamente uma implementação fictícia desse padrão explicando (esperançosamente compreensível) a motivação e a função de cada elemento arquitetônico: Store, Dispatcher e Action Creator.
Se você se interessou por essa matéria recomendo ler: Flux explained for newbies
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 2 =

Posts relacionados

  1. Sobre a Dextra

    Somos especialistas em desenvolvimento de software sob medida para negócios digitais. Pioneiros na adoção de metodologias de gestão ágil, combinamos processos de design, UX, novas tecnologias e visão de negócio, desenvolvendo soluções que criam oportunidades para nossos clientes.

  2. Categorias

Scroll to top