O impacto negativo das interrupções

Depois de uma interrupção, qual o tempo necessário para voltarmos no mesmo ponto de concentração que estávamos no momento...

Data de publicação: 18/09/2017
filtragem colaborativa
Depois de uma interrupção, qual o tempo necessário para voltarmos no mesmo ponto de concentração que estávamos no momento da interrupção? Vivemos conectados e, além do mal necessário que é o e-mail, muitos são usuário das chamadas redes sociais. Qual o impacto de tantas interrupções em nossos momentos de “descanso” e durante o nosso trabalho?
Alguns estimam que interrupções no trabalho podem totalizar 6 (seis!) horas da nossa jornada diária, além de dizimar a sua, a minha, a nossa produtividade. De acordo com este texto do LifeHacker:

“You have to completely shift your thinking, it takes you a while to get into it and it takes you a while to get back and remember where you were…We found about 82 percent of all interrupted work is resumed on the same day. But here’s the bad news — it takes an average of 23 minutes and 15 seconds to get back to the task.”

— (LifeHacker.com)
Uma média de 23m15s de acordo com este estudo citado pelo LifeHacker [1] é o tempo necessário para você voltar ao ponto que estava antes da interrupção. A matemática é simples: multiplique 23m15s pela quantidade de interrupções não programadas no seu dia-a-dia.
Para ajudar a explicar o custo (tempo), segue duas analogias interessantes propostas pelo usuário EpsilonVector no site http://softwareengineering.stackexchange.com/:

  1. Vamos supor que você, tipicamente, precisa de 15 minutos para dormir. Já se passaram 10 min, você está prestes a pegar no sono e alguém te chama ou algo te acorda. Quanto tempo você precisa para voltar a quase dormir? 5 min ou você volta à estaca zero e precisa de mais 15 min (ou mais ainda)? A resposta é, no mínimo, 15 min novamente.
  2. Você está lendo um livro, totalmente imerso no texto, e alguém aparece e comenta algo com você. Quanto tempo  você vai precisar para voltar ao mesmo estado de concentração de antes? Imediatamente? Não, você vai precisar ler todo o contexto anterior, construir todo o raciocínio novamente e torcer para ninguém te atrapalhar novamente.

Agora, back to work, e comece a cronometrar mais 23m15s até retornar o que você estava fazendo antes de ler este texto.
[1] “The Cost of Interrupted Work: More Speed and Stress” em https://www.ics.uci.edu/~gmark/chi08-mark.pdf

Posts relacionados

  1. Sobre a Dextra

    Somos especialistas em desenvolvimento de software sob medida para negócios digitais. Pioneiros na adoção de metodologias de gestão ágil, combinamos processos de design, UX, novas tecnologias e visão de negócio, desenvolvendo soluções que criam oportunidades para nossos clientes.

  2. Categorias

Scroll to top