Você é ágil? Ótimo. Mas você é Ágil pelos motivos certos? Provavelmente não!

Geralmente eu gosto de quebrar textos por partes, para facilitar a sinergia entre o meu raciocínio e o de...

Daniel Lima

View posts by Daniel Lima
Iniciou a carreira como desenvolvedor em 2003, após se formar no Cotuca (Colégio Técnico de Campinas). Graduou-se em 2010 em Ciência da Computação pela Unicamp, e em 2015 pós-graduou-se no MBA em Arquitetura de Soluções em Tecnologia pelo IBTA Campinas. Além de desenvolvedor, já atuou como Scrum Master (CSM em 2011) e atualmente é Product Owner na Dextra.
Data de publicação: 03/05/2019
agile, ágil

Geralmente eu gosto de quebrar textos por partes, para facilitar a sinergia entre o meu raciocínio e o de quem me lê. E neste caso, cada parte na verdade é uma pergunta (ou, se você preferir, uma provocação…).

A Primeira Pergunta

Você e/ou sua empresa desenvolvem software de forma Ágil? (Estou considerando que você saiba o que é isso, e se não souber, não tem problema! Mas eu recomendo que você leia esse texto antes, para melhor compreensão do que vou falar a seguir).

Bom, se chegamos até aqui, tenho um leitor Ágil, certo? Isso é ótimo por diversos motivos: você é um profissional atualizado, está antenado com a tendência do mercado mundial de desenvolvimento de software, sua curva de aprendizado é pequena ou nula quando entra em um projeto ou empresa que já aplica o Ágil, entre outras vantagens.

E se, ao invés de um profissional, “você” é uma empresa, temos outras vantagens claras nesse “sim”: a cada novo cliente em potencial que bata à sua porta, falar que você é Ágil pode ser um diferencial frente aos concorrentes, ou, no mínimo, um sinal de que a “lição de casa foi feita”.

A Segunda Pergunta

Até aqui, é provável que eu não tenha trazido nenhuma novidade. E é por isso que chego na segunda e mais importante pergunta: você sabe o porquê de ser Ágil?

Se você me respondeu “ora, exatamente pelos motivos que você elencou acima”, legal! É sinal de que esse texto realmente atingiu quem eu queria atingir. E sabe por que? Porque Agilidade é muito mais do que isso!

Uma frase que ouvi no Agile Trends 2019 ficou ressoando em minha mente: “hoje nas empresas de software, Agilidade é praticamente uma commodity!” Em outras palavras, ser Ágil está deixando de ser diferencial e virando uma espécie de “obrigação”.

E como um bom profissional ou empresa está sempre em busca de ter (ou ser) o diferencial, onde ele estará agora? A meu ver, está exatamente nos motivos que fazem algo ou alguém escolher ser Ágil!

Pois quando estes motivos são bem entendidos e absorvidos, a coisa deixa de ser imposta, e passa a ser orgânica. Invés de só “estar na moda”, você está incorporando algo à sua cultura, e crescendo com ela. E quando a coisa é orgânica, ao invés de cair nas primeiras dificuldades, você resiste a elas, e contagia seus clientes e pares. Ou seja, é um ciclo muito virtuoso.

Trazendo isso para a prática, vou elencar aqui os valores do Manifesto Ágil, e para cada um, pincelar tanto a forma como acho que você deve internalizá-los, quanto os reais benefícios que você deve ter em mente:

“Indivíduos e interações estão acima de processos e ferramentas”

Você acredita que o foco deve ser nas pessoas!

A roda motriz para tudo são as pessoas! É em torno delas que suas ações devem orbitar. Isso impacta na forma como você aborda seu potencial cliente, “se apaixonando” pelos seus problemas, e vendo neles oportunidades invés de obstáculos. E dando as condições ideais para que as pessoas do seu time desempenhem seus papéis da forma mais eficaz, eficiente e colaborativa possível. Pessoas também devem ser o principal objetivo da escolha e adoção de tudo, desde dinâmicas até métricas. E falo tanto das pessoas que constroem quanto as que usam seu produto ou serviço.

“O funcionamento do software é mais relevante que a elaboração da sua documentação”

Você enxerga os benefícios de focar na entrega de valor e na clareza!

As metodologias de desenvolvimento populares antes do boom da Metodologia Ágil dedicavam tempo e esforço considerável para a elaboração de vasta documentação. E isso se dava, principalmente, porque lá na concepção do produto, foi dado pouco foco no problema, e muito foco nos detalhes da possível solução técnica dele. O resultado é um produto menos intuitivo do que deveria. E quanto menos intuição, mais manual e documentação o usuário vai precisar.

“A colaboração do cliente é mais importante que a negociação dos contratos”

Você sabe o poder inestimável da Colaboração e da Transparência!

Uma relação que se mostra transparente desde o início, diminui drasticamente o risco de, em algum momento, os envolvidos terem que consultar um contrato, para saber onde termina a obrigação de uma parte e começa a da outra. Simplesmente porque o objetivo e a visão são compartilhados desde sempre, assim como quaisquer mudanças de rota que possam (e devem) aparecer.

“A capacidade de resposta define a sequência do plano”

Você pratica a Experimentação, e sabe como é necessária!

E se tiver que errar, sabe que errar rápido é melhor!A incerteza, em diferentes graus, está presente na grande maioria dos produtos e projetos. Não só a incerteza sobre o caminho escolhido para desenvolver aquilo, mas a dúvida sobre o mercado ou o cliente realmente precisar daquilo, naquele momento, e com aquelas funcionalidades. E o caráter empírico do Ágil e a possibilidade que ele te dá de errar rápido (e assim corrigir a tempo o curso das coisas) pode ser a linha entre o sucesso e o fracasso de tudo.

Então, eu diria que Agilidade não é só sobre um método de desenvolver software. É sobre a paixão de ajudar mais pessoas a chegarem a mais objetivos, de forma mais colaborativa, eficiente e com uma chance maior de sucesso para todos os envolvidos.

Daniel Lima

View posts by Daniel Lima
Iniciou a carreira como desenvolvedor em 2003, após se formar no Cotuca (Colégio Técnico de Campinas). Graduou-se em 2010 em Ciência da Computação pela Unicamp, e em 2015 pós-graduou-se no MBA em Arquitetura de Soluções em Tecnologia pelo IBTA Campinas. Além de desenvolvedor, já atuou como Scrum Master (CSM em 2011) e atualmente é Product Owner na Dextra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + oito =

Posts relacionados

  1. Sobre a Dextra

    Somos especialistas em desenvolvimento de software sob medida para negócios digitais. Pioneiros na adoção de metodologias de gestão ágil, combinamos processos de design, UX, novas tecnologias e visão de negócio, desenvolvendo soluções que criam oportunidades para nossos clientes.

  2. Categorias

Scroll to top